Sabe aquela sensação de entrar em uma loja e não encontrar nada que fique legal?

 

Se você está aqui, é claro que sabe, né? 

 

A Clamarroca Plus nasceu por isso, pela necessidade. Pela necessidade e pela vontade de acabar com um ciclo que, sequer, deveria existir.

 

Somos uma marca de jeanswear que nasceu como um braço da Clamarroca, rede de multimarcas do interior de São Paulo criada pelos pais da Mari, há mais de 30 anos.

 

Nasceu porque a Mari, filha de lojistas que trabalham com moda feminina antes mesmo dela existir, nunca teve o guarda-roupas dos sonhos.

 

Nasceu porque a Mari, que sempre foi gorda, precisou viver quase 30 anos pra entender que poderia ser incrível independente do tamanho do seu manequim.

 

Mas quem é Mari?

 

Mari é a criadora da marca, sou eu, é quem escreve, fotografa, cria e pensa em vocês o tempo todo {e, sim, sonha com calça jeans todo-santo-dia, hehe}.

 

Mariana Camargo, hoje empreendedora, antes advogada, resolveu deixar sua carreira pra trás pra advogar em favor de mulheres gordas, como ela.

 

Bem cansada de viver o dilema de: NÃO TENHO ROUPA! todo-santo-dia em frente ao armário antes de ir pro escritório {e também pro boteco/pro churrasco/pro restaurante/pra praia}, Mari resolveu, enfim, fazer uma comprinha em uma loja especializada no segmento Plus Size.

 

Encontrou a Flaminga, ficou feliz-da-vida, tão tão feliz que escreveu um depoimento sobre isso: "Saí de casa me sentindo linda e acho que eu merecia me sentir assim todos os dias, mesmo usando manequim 46 {hoje 50, hehe}. Não é errado não ser igual." 

 

Foi com o coração e foi longe. Mais de 700 pessoas curtiram/comentaram/compartilharam o desabafo que não tinha essa pegada viral, publicado em seu perfil pessoal.

 

O tal desabafo chegou até a Flaminga, que convidou a Mari pra fazer parte do time, como a Mari-sem-vergonha, que chegou-chegando e, em poucos meses, publicou um tanto de textos lindos sobre a delícia de ser feliz na própria pele.

E foi assim, sem-querer-querendo, o mundo da moda foi chegando perto, entre um evento e outro, um curso aqui e outro acolá, até que Mari se tornou consultora de estilo e também coolhunter, o que fez com que, a cada dia, seu olhar se expandisse sobre tudo o que entendia por moda, estilo, tendências e NECESSIDADE.

 

E eis que voltamos de onde começamos, faltava o jeans e a gente PRECISA, faltava a praticidade pra enfrentar o dia-a-dia, pra enfrentar a vida, pra sair pra esse mundão. 

 

Faltava o básico, o que todo-mundo-precisa-ter-mesmo-que-não-seja-todo-mundo. Faltava a base. Faltava aquela pecinha que dá um help quando a gente precisa colocar nossa personalidade pra jogo.

 

Foi por isso que nasceu a Clamarroca Plus, pra gente ser do jeito que a gente é. 

 

Já dizia Leminski: "isso de querer ser exatamente aquilo que a gente é ainda vai nos levar além".

 

Fomos!

 

Começamos com uma portinha que a Flaminga nos abriu, chegamos ao Pop Plus, encontramos um espacinho na Cosmopolitan, no blog da Lilian Pacce, no blog da Ju Romano, no portal FFW. Uau!

 

Nosso projeto conquistou marcas de outros segmentos, dentro fora da indústria da moda e da beleza. Sim! 

 

Hoje estamos nos portais das instituições onde aprendemos muito do que reverberamos e somos convidados para falar para quem também pensa no mercado de uma forma plural. Que maravilha, não?


A Clamarroca Plus é mais que um negócio, é um manifesto vivo, um projeto de empoderamento que diz: podemos ser o que quisermos ser e estar onde todos estão.

 

Somos um manifesto em forma de jeans, em forma de camiseta, do 46 até o 60 {por enquanto} <3